E quando todo poder emanar dos dados? Uma entrevista sobre datacracia com Derrick de Kerckhove

Marina Magalhães

Resumo


O romance Super Sad True Love Story, escrito por Gary Shteyngart (2010), é o ponto de partida desta entrevista com o filósofo belga Derrick de Kerckhove. Para abordar o tema da datacracia, o entrevistado convoca uma passagem desta narrativa distópicana qual as pessoas carregam um aparato tecnológico que registra, analisa e valida tudo aquilo que quem o porta viveu até hoje. Kerckhove foi diretor por mais de 20 anos do Programa McLuhan em Cultura e Tecnologia, na Universidade de Toronto.


Palavras-chave


Datacracia; Devir digital contemporâneo; Big Data; Extensão da pessoa física

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Universidade Federal de Juiz de Fora

Programa de Pós-graduação em Comunicação
Lumina - Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora

E-mail: revista.lumina@ufjf.edu.br

Classificação Qualis-CAPES : B1

ISSN 1516-0785 | e-ISSN 1981-4070

Diretórios e Indexadores:

Siga a Lumina