A cidade e as telenovelas: notas preliminares a respeito das cidades fictícias

Guilherme Moreira Fernandes

Resumo


Este artigo parte da pergunta “Qual é o papel/função das cidades nas telenovelas?” e analisa como a realidade das cidades fictícias é refletida na telenovela. Partimos das teorias do fenômeno urbano, especialmente dos teóricos da Escola de Chicago – Wirth e Park, de uma metodologia exploratória, e estabelecemos quatro categorias temáticas das quais escolhemos duas para o estudo empírico. Assim, nosso corpus foi estabelecido a partir de telenovelas que utilizaram como recurso narrativo o realismo fantástico e as cidades fictícias (e as novas territorialidades). Nossa principal conclusão é que as cidades fictícias proporcionam uma maior “ecologia humana” que a representação das cidades reais, que não são exploradas em sua diversidade. 


Palavras-chave


Cidades Fictícias; Telenovela; Ficção Seriada; Territorialidades.

Texto completo:

PDF

Referências


BERNADINO, Verônica; FERNANDES, Guilherme M. Um Estudo de Recepção: A relação direta entre Zelão e os momentos da narrativa em “Meu Pedacinho De Chão”. CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 38, Rio de Janeiro, RJ, UFRJ. Anais... São Paulo: Intercom, 2015. Disponível em: http://portalintercom.org.br/anais/nacional2015/resumos/R10-2478-1.pdf. Acesso em 05/out./2015

FERNANDES, Ismael. Memória da telenovela brasileira. São Paulo: Brasiliense, 1997.

LOPES, Maria Immacolata V; BORELLI, Sílvia H. S.; RESENDE, Vera R. Vivendo com a telenovela: mediações, recepção, teleficcionalidade. São Paulo: Summus, 2002.

MEMÓRIA GLOBO. Dicionário da TV Globo: programas de dramaturgia e entretenimento. Vol. 1. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

PAIVA, Cláudio C. Dionísio na idade mídia: estética e sociedade na ficção televisiva seriada. João Pessoa: UFPB, 2010.

PARK, Robert. A cidade: sugestões para a investigação do comportamento humano no meio urbano. In: VELHO, Otávio. (org.). O fenômeno urbano. 2ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1973. p. 26-67.

SIMMEL, Georg. As grandes cidades e a vida do espírito. Mana: Revista do Programa de Pós-graduação em Antropologia Social. Museu Nacional/Universidade Federal do Rio de Janeiro. Nº 11, vol. 2. 2005. p. 577-591.

SODRÉ, Muniz. A máquina de Narciso: Televisão, indivíduo e poder no Brasil. Rio de Janeiro: Achiamé, 1984.

TRINTA, Aluizio R. Identidade, identificação e projeção: telenovela e papéis sociais, no Brasil. In: COUTINHO, Iluska; SILVEIRA JR., Potiguara M. Comunicação: tecnologia e identidade. Rio de Janeiro: Mauad X, 2012. p. 151-164.

WIRTH, Louis. O urbanismo como modo de vida. In: VELHO, Otávio (org.). O fenômeno urbano. 2ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1973. p. 90-113.

XAVIER, Nilson. Almanaque da Telenovela Brasileira. São Paulo: Panda Books, 2007.

XAVIER, Nilson. Site Teledramaturgia. Disponível em: www.teledramaturgia.com.br. [s/d]. Acesso em 19/jan./2015.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Universidade Federal de Juiz de Fora

Programa de Pós-graduação em Comunicação
Lumina - Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora

E-mail: revista.lumina@ufjf.edu.br

Classificação Qualis-CAPES : B1

ISSN 1516-0785 | e-ISSN 1981-4070

Diretórios e Indexadores:

Siga a Lumina