100 Canal o vídeo como representação da cultura popular

Catarina Tereza Farias de Oliveira, Márcia Maria Ximenes

Resumo


O presente artigo analisa uma das produções audiovisuais alternativas do laboratório de TV da Fundação Casa Grande: Memorial do Homem Kariri, ONG localizada na cidade de Nova Olinda na região do Cariri no Ceará. O artesanato de couro, a música regional e a reza, entre outros, são costumes abordados na série de vídeos alternativos da TV Casa Grande, o “100 Canal”. O vídeo analisado é “Mary Help”, produção que mostra a arte e a vida de uma cantora popular da região. O curta faz parte da série, que retrata o cotidiano de Nova Olinda por meio de entrevistas com artistas da cidade. Qual a abordagem dada à cultura popular e aos costumes e sujeitos da região do Cariri nessa produção é um dos questionamentos tratados ao longo da pesquisa sob a ótica da Análise de Conteúdo. Constata-se que há certa idealização do popular ligada a uma visão romântica e folclórica da região Nordeste. Discute-se, entretanto, como a fala da cantora tema do filme refaz a visão romântica do vídeo e acrescenta elementos à sua proposta inicial. 


Palavras-chave


mídia alternativa; cultura popular; identidade

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Universidade Federal de Juiz de Fora

Programa de Pós-graduação em Comunicação
Lumina - Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora

E-mail: revista.lumina@ufjf.edu.br

Classificação Qualis-CAPES : B1

ISSN 1516-0785 | e-ISSN 1981-4070

Diretórios e Indexadores:

Siga a Lumina